Senador goiano critica, para ministro do Planejamento, a paralisação da duplicação da BR-153

Exibindo cae.jpg

O ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, esteve na terça-feira, 17,  na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, para apresentar aos senadores a necessidade do ajuste fiscal e assim convencê-los a votarem  favoravelmente.

Barbosa disse que os ajustes visam reequilibrar as contas públicas. O senador Wilder Morais (DEM-GO) elogiou a boa intenção da presidente, mas apontou ao ministro que “o governo está apenas focado no aumento da arrecadação e querendo viabilizá-lo com mais sacrifícios da sociedade, já tão sacrificada com os tropeços constantes da gestão da presidente”.

O senador acrescentou: “Em vez de enfiar a mão no bolso do povo, o governo deveria cortar na própria carne — reduzindo seus gastos, enxugando a máquina pública”.

O democrata disse ao ministro sobre algumas obras federais paralisadas no País, citando, por exemplo, a duplicação da BR-153, no trecho entre Anápolis (GO) e Aliança do Tocantins (TO), a qual, segundo Wilder, “para Goiás, é o principal corredor de escoamento de produção”.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.