O Jornal Opção conversou com o deputado federal Roberto Balestra (PP) na sexta-feira, 14, e pediu sua opinião sobre a informação de que o vice-governador José Eliton vai trocar, em setembro, o PP pelo PSDB. Com sua maneira delicada e oblíqua de expor o que pensa, Balestra disse: “Só vou poder responder quando os fatos estiverem claros”. Em seguida, admitiu que não havia sido informado do fato por José Eliton, e sim pelo governador Marconi Perillo, durante uma viagem que fizeram juntos.

“Vou conversar com o presidente nacional do PP, o senador Ciro Nogueira, para verificar qual quadro está se desenhando”, afirma Balestra. “O PP, como tem comissão provisória e não diretório, só tem presidente, não tem vice-presidente”, esclarece.

O sr. vai pleitear a presidência do PP? “Não sei. Antes, como disse, tenho de conversar com Ciro Nogueira.”

Balestra avalia que José Eliton está deixando o PP com o objetivo de assumir o governo em 2018 e disputar a reeleição. “Célio Silveira trocou o DEM pelo PSDB para se tornar presidente da Assembleia Legislativa. É a lógica da política.”