Renan Calheiros banca Marcus Vinicius para ministro do STF. Mas Dilma Rousseff pode bancar um aliado

Untitled-1

Esquentou a batalha pela vaga de Joaquim Barbosa no Supremo Tribunal Federal. Os favoritos da presidente Dilma Rousseff são o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e o advogado-geral da União, Luís Inácio Adams. Porém, como permaneceram no segundo governo, é provável que a petista-chefe negocie noutros fronts.

O presidente nacional da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, conta com o apoio do presidente do Senado, Renan Calheiros, e do ex-presidente da República José Sarney. Heleno Torres, se indicado, o será pela competência jurídica. O ministro do STJ Mauro Luiz Campbell Marques conta com o apoio do ex-governador do Amazonas Eduardo Braga. Tarso Genro é a aposta do PT, mas não de Dilma Rousseff.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.