Depois da prisão do serial killer e da desmontagem de um esquema corrupto e assassino na Polícia Militar, o secretário de Segurança Pública, Joaquim Mesquita, voltou a ficar forte para continuar no cargo.