Presidente internacional de Lions Clubes visita Goiânia e traz benefícios para alunos carentes

Jitsuhiro Yamada chega na capital na segunda-feira e será recebido por Zander Campos, do Lions de Goiás, e pelo governador Marconi Perillo, com quem almoçará

O presidente internacional de Lions Clubes, o neurocirurgião Jitsuhiro Yamada [foto acima], de 71 anos, visita Goiânia na segunda-feira, 17. Às 9 horas, o líder japonês vai plantar uma muda de pau brasil na Praça Lions Clubes Internacional, entre as avenidas Z e Paranaíba, no Centro. Ele será o 10º presidente internacional a visitar a praça, construída em 1968.

Jitsuhiro Yamada vai participar da inauguração do novo pavilhão do Hospital da Fundação Banco de Olhos de Goiás — com dez consultórios —, às 10h30. Em seguida, vai responder a perguntas de integrantes do Lions no auditório da Fubog.

O presidente de Lions vai almoçar com o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), e a primeira-dama, Valéria Perillo, com 30 dirigentes leonísticos, “entre os quais cinco ex-diretores internacionais do Lions”, relata Zander Campos, do Lions no Estado.

Às 15h30, Jitsuhiro Yamada inaugura a nova ala da Faculdade Lions (FacLions), na BR-153, e dialoga com os companheiros leões no auditório da instituição. Às 19h30, no Hotel Mercure, no Setor Oeste, o líder mundial concederá entrevista à imprensa.

O médico japonês assumiu a presidência internacional de Lions Clubes, na Convenção de Honolulu, em 30 de junho. A Associação, liderada por ele, “conta com 1,4 milhão de associados e 46 mil Lions Clubes em 210 países em todo o mundo”, conta Zander Campos.

Com o lema “Dignidade, Harmonia e Humanidade”, Jitsuhiro Yamada planeja beneficiar, até julho de 2016, cem milhões de pessoas. É sua meta. Zander Campos sublinha que, “deste total, está incluído quase 1 milhão de alunos da rede pública municipal e estadual dos 246 municípios de Goiás”. Eles serão examinados pela Campanha de Olho na Visão II — “desenvolvida pelo governador Marconi Perillo” por intermédio da Fundação Banco de Olhos de Goiás, “com exames de acuidade visual e daltonismo”.

Zander Campos revela que “o Estado de Goiás tem oftalmologistas em apenas 22 municípios”. O líder do Lions informa que “os alunos que necessitam de óculos também serão atendidos pela Fundação Banco de Olhos de Olhos de Goiás”.

Jitsuhiro Yamada pretende focar “seus trabalhos no auxílio a crianças carentes, incluindo programas de educação e erradicação de doenças, como o sarampo, além da bandeira principal do Lions: fornecer atendimento oftalmológico e tratamentos para evitar a cegueira”. O médico entrou para o Lions aos 40 anos, “depois de, um ano antes, retirar um tumor no fígado”.

O Lions Clubes Internacional, explica Zander Campos, “é a maior associação de clubes de serviço do mundo, fundada por Melvin Jones, nos Estados Unidos, em 1917”.

Segundo Zander Campos, “os associados” — 1,4 milhão — “trabalham incansavelmente realizando exames de vista e de saúde, construindo parques, apoiando hospitais, concedendo bolsas de estudo, auxiliando jovens, distribuindo cestas básicas, apoiando entidades filantrópicas e fornecendo auxílio a comunidades vítimas de catástrofes em todo o planeta”.

Deixe um comentário