Prefeito de Nerópolis diz que Fabiano Luiz distorce dados sobre contas públicas

“A atual administração herdou dívida de R$ 262.659,63 em precatórios, que deveriam ter sido pagos até o dia 31/12/2016, cuja não quitação até o dia 20/01/2017 acarreta em bloqueio das certidões negativas e dos recursos do FPM”

Gil Tavares, prefeito de Nerópolis, herdou uma prefeitura endividada / Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Nota de esclarecimento

“A Prefeitura de Nerópolis vem a público esclarecer as informações distorcidas divulgadas pelo ex-prefeito Fabiano Luiz, a respeito das contas públicas do município. Em sua publicação, o ex-gestor só menciona os créditos e não cita os débitos, ou seja, os restos a pagar (imagem em anexo), que somam a quantia de R$3.085.361,81. Os recursos deixados nas contas da prefeitura já tem destino certo para saldar os compromissos financeiros assumidos pela administração anterior.

Fabiano Luiz, ex-prefeito de Nerópolis, estaria manipulando dados da prefeitura

Os documentos que foram entregues em encontro fotografado sem permissão dos presentes são para análise do setor financeiro e contábil da prefeitura. Com relação ao Impaner (Instituto de Previdência dos Servidores Públicos Municipais), os recursos desse fundo são exclusivos para pagamento de aposentadorias e pensões dos funcionários públicos municipais, não podendo ser direcionados para nenhuma outra finalidade. Tal dinheiro não pertence a nenhuma administração, mas sim aos servidores aposentados e aqueles que vierem a se aposentar.

Como todos podem conferir na documentação em anexo, a atual administração herdou uma dívida de R$262.659,63 em precatórios (débitos já questionados na justiça), que deveriam ter sido pagos até o dia 31/12/2016, cuja a não quitação até o dia 20/01/2017 acarreta em bloqueio das certidões negativas do município de Nerópolis e dos recursos do FPM (Fundo de Participação dos Municípios). Outro grande débito deixado pela gestão anterior foi com a Celg (iluminação pública), no valor de R$1.575.515,98, dívida esta parcelada até dezembro de 2020.

No mais, a atual administração lamenta as distorções das informações com o objetivo de confundir a população neropolina e se coloca a disposição de qualquer cidadão para dirimir qualquer outra dúvida na Secretaria Municipal de Finanças, ou em qualquer outro órgão público municipal.”

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.