Durante a posse de Cyro Miranda na presidência da Goiás Parceiras, um político disse para outro político: “Que bom vê-lo vivo. Pensei que havia morrido, tal sua ansiedade”.

Era uma referência à pressão por cargos.