Petistas temem que, com a prisão de Lula, o PT seja destroçado em Goiás

Karlos Cabral saiu há algum tempo e agora escapa o veterano Humberto Aidar

Montagem

O PT se tornou o patinho feio da política do Brasil. Em Goiás, embora tenha bons quadros, o partido parece “depressivo”. Muita gente tem vontade de sair, mas tem vergonha e receio de ser chamado de traidor.

Político decente e qualitativo, Humberto Aidar deixou o PT, sua casa por muitos anos, por receio de sucumbir na eleição de outubro deste ano. Filiou-se ao MDB.

Um deputado afirma que, tendo permanecido no PT, teme ser derrotado em outubro desde ano. Espera que as bases eleitores votem nele, esquecendo a história do PT nacional.

Os petistas dizem saber que a prisão de Lula tem alguma repercussão agora, mas, pouco depois, a imagem que ficará suja é a do PT. A população não está tratando Lula como vítima, e sim como criminoso.

O climão é de “o último a sair que apague a luz”. O que mais se teme é uma derrota de Rubens Otoni, deputado federal da mais alta qualidade.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ricardo

hahah depois de hoje quem vai se arrepender é Aidar e Cabral de terem saído