Peemedebistas históricos sugerem que Iris Rezende afaste Iris Araújo do Paço Municipal

Os peemedebistas aceitam que o prefeito apoie sua mulher para deputada federal, mas indicam que o PMDB terá outros candidatos

Peemedebistas, tanto históricos quanto mais jovens, sugerem que o prefeito de Goiânia, Iris Rezende, afaste Iris Araújo do dia a dia do Paço Municipal. Eles frisam que o desastre eleitoral de 1998, quando ele foi derrotado por Marconi Perillo e nunca mais conseguiu ser governador, começou com as interferências de sua mulher e de outro parente.

Os peemedebistas frisam que “não são contra” o apoio de Iris Rezende a uma candidatura de Iris Araújo a deputada federal em 2018 e mesmo à montagem de uma base eleitoral antecipada, a partir de Goiânia. Mas são contrários ao possível uso da estrutura da prefeitura para bancá-la.

“Iris Rezende, que sabe das coisas, precisa entender que o PMDB terá vários candidatos a deputado federal, em 2018, e não apenas Iris Araújo”, postula um deputado estadual.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.