Peemedebistas contradizem discurso da campanha de Iris Rezende sobre parceria com governo

Ex-prefeito critica adversário por defender parcerias administrativas com o governador Marconi Perillo. Prefeitos eleitos pelo PMDB apoiam

Gustavo Mendanha, Ernesto Roller e Iris Rezende: discursos destoantes | Fotos: reprodução

Gustavo Mendanha, Ernesto Roller e Iris Rezende: discursos destoantes | Fotos: reprodução

Na coluna Giro, de O Popular, desta terça-feira (25/10), dois prefeitos eleitos pelo PMDB em Goiás evidenciaram a contradição no discurso pregado pela campanha de Iris Rezende (PMDB) na capital. Durante as últimas semanas, Vanderlan Cardoso (PSB) tem sido criticado reiteradamente por ter recebido o apoio do governador Marconi Perillo (PSDB).

Apesar de enfatizar sempre que pretende manter parcerias administrativas com o tucano-chefe e que a aliança tem como objetivo desenvolver obras e benefícios para a população, Vanderlan é execrado pelos adversários por tal postura.

Contudo, os peemedebistas Gustavo Mendanha (prefeito eleito de Aparecidade de Goiânia) e Ernesto Roller (eleito em Formosa) garantiram a colune Giro que, tão logo assumam, vão sim buscar parcerias com Marconi. “Tenho e vou manter boa relação com o governador Marconi Perillo (PSDB), como o prefeito Maguito Vilela sempre manteve nas suas duas administrações”, destacou o aparecidense.

Roller, que é ferrenho crítico do governo estadual na Assembleia, também reconheceu que precisará do apoio do tucano. “Temos claro interesse em construir um bom relacionamento administrativo e fazer várias parcerias com o governo estadual para atendermos as muitas demandas da população de Formosa. A política eleitoral passou, temos de desenvolver agora políticas públicas”, afirmou ele a O Popular.

Chama atenção que ambos discursos são os utilizados por Vanderlan Cardoso para se defender dos ataques do próprio PMDB. Se eleito e optar por manter a postura radical, que lhe é característica, Iris Rezende poderá fechar as portas para parcerias com o governo do Estado. Em um momento de crise, em que prefeituras passam por momento delicado em todo o País, tal posicionamento pode inviabilizar a gestão.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.