Na campanha americana de 1980, Reagan chamava o presidente Jimmy Carter de “bostinha”

carter-y-reagan

As eleições brasileiras são as que mais têm baixaria? Não. Na campanha americana deste ano, tanto o “Pato” Donald Trump quanto Hillary Clinton batem abaixo da linha de cintura. A líder do Partido Democrata é, claro, mais discreta e comedida, mas, nos bastidores, sua equipe bate duro e municia a imprensa com os escândalos do “Pato” Donald.

Em 1980, na disputa entre o presidente Jimmy Carter, do Partido Democrata, e Ronald Reagan, do Partido Republicano, os ataques eram frequentes. “Reagan, privadamente, se” referia “ao presidente dos Estados Unidos como ‘um bostinha’.” A historia está contada no livro “Ronald Reagan” (Record, 377 páginas, tradução de Lucas Jim), de Bill O’Reilly e Martin Dugard. O livro acaba de chegar às livrarias brasileiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.