Na ausência de Henrique Meirelles, pré-candidatos ao Senado buscam maior aproximação com Ronaldo Caiado

Nos eventos do governo, João Campos e Delegado Waldir se tornaram figuras recorrentes. Eles aproveitam as oportunidades para buscarem diálogos com lideranças

Embora muitos analistas e políticos deem como certa a candidatura de Henrique Meirelles (PSD) ao Senado na chapa do governador Ronaldo Caiado (União Brasil), o martelo ainda não foi batido. E entre os desafios que o ex-ministro da Econômica enfrenta junto a opinião pública goiana está sua ausência do estado –  ele ainda ocupa o cargo de secretário de Planejamento e Fazenda do Estado de São Paulo. O espaço que ele não ocupado no cenário político goiano, outros postulantes têm buscado preencher.

Os deputados federais João Campos (Republicanos) e delegado Waldir (União Brasil) estão no páreo. As pesquisas até apontam que Meirelles possua alguma vantagem eleitoral sobre eles, entretanto, ambos notaram que o economista não tem marcado presença no Estado durante a pré-campanha. Em razão disso já traçaram suas estratégias para sincronizar suas agendas com a do governador Ronaldo Caiado, que ainda não confirmou quem vai ocupar a vaga ao Senado na sua chapa para reeleição.

Nos eventos do governo, João Campos e Delegado Waldir se tornaram figuras recorrentes. Eles não só transparecem maior aproximação com o governador, como também usam desses momentos para dialogar com líderes classistas e políticos. Estão ganhando campo. Henrique Meirelles, que saiu a frente nas pesquisas, pode ter que correr atrás do prejuízo, caso não reforce sua agenda no Estado.

Uma resposta para “Na ausência de Henrique Meirelles, pré-candidatos ao Senado buscam maior aproximação com Ronaldo Caiado”

  1. Avatar Pierre disse:

    Esses caras são muito fracos para peitar o Meireles!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.