Mulher de Joaquim Roriz é assaltada na porta de uma Igreja em Brasília. Criminoso levou o carro

Weslian Roriz estava dentro de um Jetta, ao lado do motorista da família, e quase foi levada pelo criminoso

Brasília tem uma das polícias mais bem pagas do país e, ao mesmo tempo, o índice de violência na cidade e entorno é alto. O ex-governador do Distrito Federal Agnelo Queiroz (PT) investiu mal em segurança pública, apesar de ter deixado uma dívida gigante para seu sucessor, o governador Rodrigo Rollemberg, que, segundo um aliado, “está mais perdido do que cego em tiroteio de cegos”. O “Correio Braziliense” noticia que na terça-feira, 12, Weslian Roriz, mulher do ex-governador do DF Joaquim Roriz, foi assaltada na porta da Paróquia São João Bosco, no Núcleo Bandeirante, às 7h30.

Weslian Roriz estava num automóvel, com seu motorista particular, à espera do início da missa (havia chegado mais cedo). O assaltante levou o Jetta preto e a mulher do ex-governador quase foi levada junto. “Ela está muito assustada”, disse sua filha Liliane Roriz, vice-presidente da Câmara Legislativa, ao “Correio Braziliense”.

[Foco acima: Joaquim Roriz e Weslian Roriz. Da revista “Época”]

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.