Marconi Perillo toca baixo na confraternização com servidores públicos e é aplaudido

Músico diz que o governador de Goiás tem pinta de roqueiro e brinca que pode fazer sucesso como músico

O pré-candidato a governador de Goiás pelo DEM, Ronaldo Caiado, escolheu sua palavra preferida: carrapato (psicanalistas sugerem que aquilo de que se fala muito, inclusive para criticar adversários, costuma ser o que dá prazer aos seres humanos). Júnior Friboi, quando se filiou ao PMDB para disputar o governo de Goiás — seu tapete eleitoral foi olimpicamente puxado por Iris Rezende, hoje alcaide em Goiânia —, tocou berrante, o que assustou Michel Temer, então presidente do PMDB.

Provando que é mais moderno que o senador dos carrapatos e o empresário do berrante, em recente encontro de confraternização com os servidores públicos, o governador de Goiás, Marconi Perillo, pegou um baixo e tocou durante alguns minutos. Fez sucesso e foi aplaudido. Um músico disse: “Se abandonar a política, Marconi tem cancha para a música. Tem até um jeitão pop e roqueiro”.

A música “Tocando em frente” é de Almir Sater, cantor de guarânias. Marconi Perillo gosta muito dela e costuma cantá-la nas despedidas do Palácio das Esmeraldas. O tucano, Valéria Perillo e as duas filhas ficaram emocionados. A família ficou ao menos 15 anos no palácio.

Deixe um comentário