Marcelo Baiocchi conquista mais um sindicato e consolida-se na disputa pela Fecomércio

 José Carlos Palma estaria ameaçando sair, com seu grupo, para se filiar noutra federação

Foto: Reprodução e Fernando Leite/ Jornal Opção

O empresário Marcelo Baiocchi conquistou mais um sindicato — agora já são 18 — na sua escalada para assumir a presidência da Federação do Comércio do Estado de Goiás (Fecomércio).

Diplomático, Marcelo Baiocchi tenta um acordo para evitar arestas instransponíveis. Porque, depois da disputa, representará, se eleito, todos os empresários, não apenas aqueles que o apoiaram. No caso de consenso, todos ganham e, por conseguinte, ninguém perde.
O presidente da Fecomércio, José Evaristo dos Santos — um empresário ponderado e respeitado —, fez um acordo com Marcelo Baiocchi, na eleição anterior, pelo qual, recebendo seu apoio, o bancaria na eleição seguinte.

Articulado, Marcelo Baiocchi saiu a campo e montou uma estrutura que, de antemão, todos consideram vitoriosa. Mas José Evaristo rompeu o acordo e está bancando a candidatura de José Carlos Palma.

Palma não tem chance de vitória e estaria dizendo, em reuniões, que seu grupo deve sair da Fecomércio e se filiar a outra federação.

Se sair, Palma deixa a impressão — negativa — de que a Fecomércio só serve para os empresários que o acompanham se estiverem no poder. A atitude, se levada adiante, pode ser tudo, menos democrática e legítima.

Deixe um comentário