Lúcio Flávio, pré-candidato a presidente da OAB-Goiás, estaria escondendo advogados petistas

Advogado e professor, Lúcio Flávio de Paiva [foto acima] é apontado como um articulador afiado. Tanto que estaria “escondendo” petistas como Ricardo Dias e Edilberto Dias. A tese seria a seguinte: os petistas estão desgastados (Operação Lava Jato-Petrolão) e, por isso, atrapalhariam sua campanha.

A reclamação é dos próprios petistas. Mas, pelo menos num caso, um aliado de Lúcio Flávio diz que a desconfiança é outra. Edilberto Dias, tradicionalmente apoiador de Leon Deniz, estaria articulando com outro grupo.

[Ricardo Dias, aliado de Leon Deniz: fora do jogo de Lúcio Flávio]

Os petistas sugerem, ao menos nos bastidores, que Lúcio Flávio montou um grupo muito fechado e não abre espaço para outras correntes da advocacia. “O problema é que, na disputa pela presidência da OAB, não se ganha apenas com um grupo. É vital que se abra para novas alianças. Lúcio Flávio avalia que, ante o desgaste da OAB Forte, tem condições de ganhar praticamente sozinho. Não tem. Se pensar de fato assim, a derrota vai bater à sua porta.”

Deixe um comentário