Listão dos 16 principais candidatos do PT para deputado estadual em Goiás

Entre os apontados como favoritos estão Antônio Gomide, Humberto Aidar, Adriana Accorsi e Luis Cesar Bueno

Com a ajuda de alguns petistas, como o deputado estadual Luis Cesar Bueno, o jornal publica a lista dos possíveis candidatos do PT a deputado estadual em 2018. Luis Cesar, solicitando a examinar a lista apresentada por seus companheiros, afirma que há mais nomes, mas que os listados são os que estão definidos ou praticamente definidos. Os seis petistas ouvidos afirmam que, com Lula da Silva candidato a presidente, a tendência é que o PT eleja até mais de quatro deputados.

 

1 — Adriana Accorsi — A delegada é uma deputada estadual qualitativa. Disputou a Prefeitura de Goiânia e, embora não tenha sido eleita, recebeu uma votação razoável. É apontada, até entre não petistas, como uma das favoritas. Sua base é Goiânia.

 

2 — Altamiro Moreira — O representante de Itumbiara é um homem simples, sem estrutura política e financeira, mas o PT pretende bancá-lo.

3 — Antônio Gomide – Se candidato a deputado estadual, é o chamado pule de dez. Estará, possivelmente, entre os mais votados. Puxador de votos do partido, é vereador em Anápolis. É cotado para ser vice de Daniel Vilela, pré-candidato a governador pelo PMDB. Se não for candidato a deputado, seu grupo banca um nome por Anápolis. Pode ser Ceser Donizete.

 

4 — Carlos Soares—Ex-vereador por Goiânia, o irmão de Delúbio Soares, se contar com uma estrutura razoável, pode ser eleito. Dirão: “Perdeu para vereador”. Sim, é um fato. Mas, se contar com apoio de outras cidades, como Buriti Alegre, pode ser eleito — é o que dizem alguns petistas.

 

5 — Catarino Silva — O ex-prefeito de Trombas tem prestígio na região. Mas padece dos mesmos problemas dos políticos de Porangatu, Formoso, Santa Teresa, Mara Rosa e Estrela do Norte, Minaçu e Uruaçu: os municípios têm poucos eleitores e, durante as eleições, são “invadidos” por candidatos de várias regiões.

6 — Didi Viana — Líder político no Entorno de Brasília, á uma das esperanças do PT na região.

7 — Dumar do Prado — Foi secretário de Pedro Wilson na Prefeitura de Goiânia, e atua hoje em Alvorada do Norte. É um político forte na sua região.

 

8 — Humberto Aidar — É dos mais prestigiados deputados estaduais do PT. Sua atuação na Assembleia Legislativa não é barulhenta, mas é qualitativa. Parte da Igreja Católica o apoia. É um dos favoritos. O desgaste do PT praticamente não o atinge.

 

9 — Ivane Campos Mendonça — A vice-prefeita de Mineiros é um nome consolidado no Sudoeste, notadamente na cidade nome reside. Mas estaria dizendo que não vai disputar mandato de deputada, e sim o de prefeita em 2020. Trata-se de uma médica respeitada.

 

10 — Lucimar Nascimento — A professora foi prefeita de Valparaíso e não fez uma administração de alta qualidade. Mas tem certo prestígio na região do Entorno de Brasília.

 

11 — Luis Cesar Bueno — O deputado estadual é atuante na Assembleia Legislativa, participa de todos os debates de maneira informada e está trabalhando para ampliar suas bases no interior. Está na lista dos favoritos, assim como Humberto Aidar e Adriana Accorsi. Tem votos em Goiânia, sua base sênior, mas articula com desenvoltura em vários municípios.

 

12 — Mauro Rubem — Foi um dos deputados estaduais mais atuantes do PT. Tem uma estrutura consolidada entre funcionários públicos da área de saúde e educação. Sua principal base eleitoral é Goiânia.

 

 

13 — Neyde Aparecida—Se puder ser candidata, é um nome consistente, porque tem apoio no professorado de Goiânia. Um prefeito do PMDB, seu irmão Gilmar Alves, deve apoiá-la. A ex-parlamentar é cotada também para disputar mandato de deputada federal.

14 — Olavo Noleto — Um dos petistas mais articulados, no governo da ex-presidente Dilma Rousseff, atuou como uma espécie de embaixador de Goiás no Palácio do Planalto e nos ministérios. Prefeitos de vários partidos, inclusive do PSDB, elogiam seu comportamento diplomático e apartidário. Não foi eleito deputado federal, mas, para deputado estadual, é um nome forte, especialmente se Lula da Silva for candidato a presidente. Se não disputar, seu grupo deve bancar Marina Sant’Anna.

15 — Paulo Cezar Fornazier — Ex-presidente da Comurg, é um político atuante no PT, sobretudo em Goiânia. Não integra a lista dos favoritos, mas, segundo os petistas, tem votos em algumas regiões da capital.

16 — Paulo de Tarso — O petista trabalhou na gestão do prefeito Paulo Garcia, em Goiânia, e tem apoio de vários setores do PT.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

joão

A exceção do Ilustre deputado Humberto Aidar, de quem sou admirador e sempre tenho votado nele, os demais acredito que são candidatos fracos, não tendo, a mínima chance de se elegerem.