Listão de quem vai deixar o governo de Marconi Perillo em dezembro deste ano

João Gomes, Talles Barreto, Tayrone di Martino, Vilmar Rocha, Thiago Albernaz devem sair do governo

O governador Marconi Perillo e o vice-governador José Eliton, do PSDB, já alertaram os aliados: quem for disputar mandato eletivo deve entregar o cargo em dezembro de 2017. Há pressões para que os cargos sejam devolvidos somente em abril de 2018, no prazo determinado pela lei para desincompatibilização. Porém, como há pressões de deputados, notadamente dos estaduais, aqueles que forem candidatos devem mesmo sair em dezembro. Secretários e auxiliares que trocarem o governo pela disputa eleitoral não vão indicar, necessariamente, seus sucessores. Leonardo Vilela deve deixar o governo, não para disputar mandato, e sim para se tornar conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios.

 

Adailton Florentino do Nas­cimento/PSDB — O coronel de­ve deixar a Superintendência-Executiva da Secretaria de Go­verno para disputar mandato de deputado estadual.

 

 

 

Cairo Salim/PSDB — O chefe de gabinete do Ipasgo vai colocar seu nome para deputado estadual.

 

 

 

João Gomes/PP — O secretário extraordinário vai concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa.

 

 

Júlio Paschoal/PSDB — O economista vai deixar a Superintendência de Patrimônio do

Estado de Goiás da Secretaria de Gestão e Planejamento para disputar mandato de deputado estadual.

 

 

Lêda Borges/PSDB — A titular da Secretaria Cidadã volta a ser de­putada estadual e disputa a reeleição.

 

 

 

Lucas Calil/PSL — Deixa se­cretaria extraordinária e disputa a reeleição para deputado estadual.

 

 

 

Luiz Stival/PSDB — Sai da presidência da Agehab e será candidato a deputado estadual.

 

 

 

Rafael Louza/PSDB — Não es­tá definido, mas pode deixar a Juceg para tentar uma vaga na Assembleia.

 

 

Arquivo

 

Raquel Teixeira/PSDB — Deixa a Secretaria da Educação se for confirmada como vice de José Eliton.

 

 

 

Rubens Marques/PROS — O vice-presidente da Saneago planeja disputar mandato de deputado estadual.

 

Talles Barreto/PSDB — Um dos coordenadores do Goiás na Frente, reassume mandato de deputado estadual e disputa a reeleição.

 

 

 

Tayrone di Martino/PSDB — Deve disputar mandato de deputado federal. Deixará a Secretaria de Governo. É um dos mais pressionados pelos deputados.

 

 

 

Thiago Albernaz/PSDB — Diretor da Codego, deve ser candidato a deputado estadual.

 

 

 

Vilmar Rocha/PSD — Planeja disputar mandato de senador. Deixará a Secretaria das Cidades e Meio Ambiente.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Denis

Estou com o coronel Adaílton e pronto!!!