O quadro político de Aparecida de Goiânia — cidade com o segundo maior eleitorado de Goiás — permanece indefinido.

Os dois pré-candidatos mais fortes são o prefeito Vilmar Mariano, do MDB, e o deputado federal Professor Alcides Ribeiro, do PL.

As pesquisas de intenção de voto mostram Professor Alcides Ribeiro em primeiro lugar, mas sem deslanchar. Pode ser quer sua frente seja do tipo inercial, quer dizer, é o candidato mais conhecido e, até o momento, não tem um rival mais sólido.

Vilmar Mariano começa a melhorar seus índices, mas não parece entusiasmar os eleitores. Como Aparecida é importante para a base governista — pelo número de eleitores (mais de 330 mil) e pelo PIB cada vez mais alto —, o governador Ronaldo Caiado, do União Brasil, e o vice-governador Daniel Vilela, do MDB, vão interferir, diretamente, no processo político do município.

Vilmar Mariano: prefeito de aparecida | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Portanto, não será surpresa se a chapa governista for reformatada. Por mais que esteja resistindo — sempre diz que apoia Vilmar Mariano —, o diplomático e articulado Leandro Vilela (MDB) pode ser escalado para enfrentar Professor Alcides. Ainda há tempo para transferência de domicílio eleitoral — de Jataí para Aparecida.

A força de Leandro Vilela advém de quatro fatores. Primeiro, teria um apoio mais entusiasmado de Gustavo Mendanha (filia-se ao MDB em dezembro). No momento, o ex-prefeito afirma que apoia Vilmar Mariano, e de fato apoia, mas falta-lhe entusiasmo (e há atrito com o deputado Veter Martins — que, de acordo com um vereador, funciona como uma espécie de eminência parda na prefeitura).

Deputado federal Professor Alcides | Foto: divulgação
Professor Alcides Ribeiro: deputado federal | Foto: Divulgação

Segundo, o sobrenome Vilela tem peso crucial no município — por causa de Maguito Vilela, que, tendo sido prefeito por oito anos, praticamente reinventou Aparecida. Sobrinho de Maguito, Leandro pode ser visto como o seu sucessor local, seu herdeiro político no município. De acordo com um pesquisador, apenas por ter o sobrenome Vilela, Leandro tende a começar na disputa com cerca de 17% (uma pesquisa teria apurado isto).

Terceiro, Leandro Vilela, por ter sido deputado federal e pela convivência com Maguito Vilela, é visto como um político que, em pouco tempo, colocará Professor Alcides no “bolso”.

Quarto, se for candidato, Leandro Vilela contribuirá para estadualizar a disputa eleitoral de Aparecida. Ronaldo Caiado e Daniel Vilela vão operar, de maneira decisiva, na cidade. Derrotar o candidato de Wilder Morais (PL) poderá ser o prenúncio da disputa eleitoral de 2026 — quando o senador possivelmente será o principal adversário de Daniel Vilela na disputa para governador.

Milionário e hábil, Professor Alcides, percebendo a operação estadual na disputa municipal, está buscando ampliar sua base político-eleitoral. O deputado opera para colocar o ex-deputado estadual Max Menezes na sua vice. Se isto acontecer, o ex-prefeito Ademir Menezes (PSD) não será candidato a prefeito. Ele é pai de Max. (E.F.B.)