Kajuru não aceita ser vice de Iris Rezende e desiste de disputar a Prefeitura de Goiânia

Não quero ser vice de ninguém”, afirma o jornalista e radialista. Ele teve quase 90 mil votos só em Goiânia, em 2014

Imagem de divulgação de Kajuru, que já se anuncia como candidato à Prefeitura de Goiânia desde o ano passado / Foto: Facebook

Kajuru se anunciava como candidato à Prefeitura de Goiânia desde o ano passado / Foto: Facebook

O jornalista e radialista Jorge Kajuru, do PRP, disse ao Jornal Opção na quinta-feira, 26, que não será mais candidato a prefeito de Goiânia em 2016. “Eu conversei com um repórter do Jornal Opção, Frederico Victor, e apresentei minhas ideias para administrar a capital goiana. No entanto, 15 minutos depois da entrevista, recebi um telefonema de Jorcelino Braga, presidente do PRP, que me disse que Iris Rezende me quer como vice dele. Ora, não voltei para Goiânia para ser candidato a vice de ninguém — nem de Iris nem de qualquer outro político.”

Kajuru relata que pretendia ser candidato unindo as oposições — PRP, PSC, PSB, PMDB e PT. “O prefeito Paulo Garcia, na presença de seu secretário de Comunicação, Edmilson dos Santos, me disse que o PT não lançaria candidato a prefeito. Já Iris Rezende me disse que ele governaria um período e eu, outro. Ora, quero governar Goiânia por quatro anos, e não por dois anos.”

Versão de Edmilson dos Santos

O jornalista Edmilson dos Santos ligou para o Jornal Opção: “Jorge Kajuru não conversou com o prefeito Paulo Garcia na minha presença. Ele equivocou-se”. O secretário de Comunicação da Prefeitura de Goiânia contestou o jornalista e radialista de maneira veemente, até irritada.

Deixe um comentário