Júnior Vieira diz que não está brigado com Lucas Calil e seu cargo será ocupado por aliado dele

O superintendente de Esporte e Lazer diz que ele e o secretário podem ser convidados para comer picanha e que, se sair sangue, será exclusivamente da carne

José Vieira: superintendente de Esporte e Lazer da Secretaria da Educação do governo de Goiás

O superintendente de Esporte e Lazer da Secretaria da Educação, Júnior Vieira, disse ao Jornal Opção na segunda-feira, 3, que “jamais” teve qualquer contencioso com o secretariado extraordinário do governo de Goiás Lucas Calil.

Deputado Lucas Calil: secretário extraordinário do governo de Goiás | Foto: Alexandre Parrode

“Pelo contrário, somos amigos e conversamos com frequência. Acrescento que não estou lutando para continuar no cargo de superintendente. Vou deixar o cargo e um aliado de Lucas, Sinomar Júnior, deve assumi-lo brevemente. Eu irei para outro cargo, já está definido. Portanto, eu, Lucas e um repórter do Jornal Opção, o que redigiu a nota [a nota informa que Lucas e Vieira não podem ser convidados para a mesma picanha, porque pode sair sangue, e não será da carne], podemos comer a picanha da churrascaria Favo de Mel ou da Gramado, ou de qualquer outra, sem o menor problema. Posso garantir: se sair sangue, na churrascaria, será exclusivamente da picanha” (risos), frisa Júnior Viera.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.