José Nelto diz que não tem medo de Ronaldo Caiado e de nenhum outro homem

Foto: Reprodução/Facebook

Foto: Reprodução/Facebook

O deputado José Nelto, inquirido sobre recentes declarações do senador Ronaldo Caiado, que o atacou com firmeza, não quis nem falar o nome do líder do partido Democratas.

O parlamentar diz que filiou-se ao PMDB, na década de 1970, quando o país ainda vivia sob uma ditadura, que era apoiada por vários políticos goianos, alguns deles ainda atuantes. Ele frisa que sua família nunca grilou terras e nunca colocou jagunço para perseguir famílias pobres. “O PMDB é um partido que tem cheiro de povo e não aceita ser liderado por líderes de outros partidos. Nós temos brio e história”, frisa. “Não adianta pressionar e ameaçar. Nós vamos ter candidato a governador em 2018. Isto é definitivo.”

Como o repórter volta a perguntar sobre Ronaldo Caiado, José Nelto frisa: “Não vou falar sobre esse sr. O que posso dizer é que não tenho medo de nenhum homem nesta terra e não levo desaforo para casa. Enfrento qualquer um, em qualquer lugar, a qualquer hora”. O jornalista pergunta: “É um recado?” O deputado prefere outras palavras: “É um alerta de que sou um homem moderno, civilizado, mas que não teme o jogo duro da vida e da política”.

Ao final da conversa, José Nelto acrescenta: “Ninguém, mas ninguém mesmo, me intimida”. Ao falar com o Jornal Opção, por telefone, o deputado estava em São Paulo, na companhia de uma filha que é cardiologista.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.