João Campos está cada vez mais próximo de Ronaldo Caiado

Igreja Assembleia de Deus pressiona o deputado para compor com o pré-candidato do DEM

Reprodução

O Jornal Opção ouviu cinco evangélicos de proa — um deles político — e perguntou: “O deputado federal João Campos está mais próximo do pré-candidato do DEM, Ronaldo Caiado, ou do pré-candidato do PSDB a governador, José Eliton?”

Os evangélicos disseram que o universo evangélico não é coeso; pelo contrário, é multifacetado. Portanto, nenhum candidato terá 60% dos votos dos integrantes de suas igrejas. “Como não somos fanáticos, há apoiadores, na várias igrejas, dos pré-candidatos do DEM, do MDB, do PSDB e até do PT. Conheço evangélicos que votam em candidatos do PSOL e do PC do B”, afirma um pastor.

Quanto a João Campos? Um evangélico ligado ao pastor Jorge Branco de Gouveia, da Assembleia de Deus, afirma que o deputado federal aceita ser vice tanto de Ronaldo Caiado quanto de José Eliton. “A ressalta é que as igrejas dos pastores Oídes José Carmo e Jorge Gouveia preferem-no como vice do pré-candidato do DEM. Os dois são figuras influentes no mundo evangélico e João Campos os respeita.” Ele a­cres­centa que o bispo Ma­noel Ferreira, figura mais emblemática da Igreja Assembleia de Deus no plano nacional, mantém ligações estreitas com o líder do Democratas.

O PRB nacional não quer, porém, João Campos na vice. Prefere que seja candidato a deputado federal. Ele foi convidado para presidir o partido em Goiás exatamente porque tem mandato parlamentar. “Para o PRB”, sugere um pastor, “o que importa é sua força em Brasília, não necessariamente nos Estados”. Outro evangélico, influente mas não pastor, afirma que o PRB também está próximo de Ronaldo Caiado. “Mas há um diferencial: o ex-governador Marconi Perillo mantém ligação estreita com evangélicos e com líderes do PRB. Portanto, pode desequilibrar o jogo em prol de José Eliton”, sugere.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.