O líder do bloco Vanguarda, vereador Igor Franco, deve sair do Solidariedade em breve, informa um interlocutor da legenda. Conforme apuração feita pelo Jornal Opção, o motivo seria por conta da formação de chapas para as próximas eleições municipais. Ou seja, isso não teria relação com os recentes conflitos na Câmara Municipal.

De acordo com essa fonte do partido, a conversa para Franco deixar o partido não é recente e já estava sendo traçada nos últimos meses. A questão é relacionada à chapa de vereadores, já que o parlamentar é considerado incompatível pelo possível número votos, o que afastaria filiados da legenda.

“Ele se tornou um player muito maior”, disse alguém próximo do presidente estadual Denes Pereira. Ao mesmo tempo, ele ressalta que não há problemas entre os dois e que a saída seria feita de forma “pacífica”. Independente do recente conflito entre o bloco Vanguarda e o grupo do presidente Romário Policarpo (Patriota).

Nas últimas eleições, Franco teve 4.179 votos, mas não foi eleito em 2020. Ele só assumiu a cadeira apenas em 2022 após a chapa do PRTB ter sido caçada por fraude à cota de gênero. (F.V.)