O secretário de Governo, Henrique Tibúrcio (PSDB), e o superintendente institucional Sérgio Cardoso (PSDB) se estranharam recentemente. Resultado: o governador Marconi Perillo indicou o segundo para a presidência da Goiás Gás.