Por ser aliado da presidente Dilma Rousseff, Kassab é discreto e não comenta nada a respeito do assunto. Mas, em termos nacionais, há um consenso de que o PT dinamitou-se e que, em 2018, dificilmente continuará no poder.