Grevistas do Sintego cercam Palácio Pedro Ludovico e travam entrada de servidores

Grevistas do Sintego (Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado de Goiás), pouco mais de 100 pessoas, postaram-se na porta do Palácio Pedro Ludovico, a partir das 6 horas da manhã de sexta-feira, 19, e estão tentando impedir a entrada dos funcionários públicos.

Os servidores estão entrando pela porta do fundo do centro administrativo do governo do Estado de Goiás.

Os grevistas cobram que o governo de Marconi Perillo atendem suas reivindicações.

2 respostas para “Grevistas do Sintego cercam Palácio Pedro Ludovico e travam entrada de servidores”

  1. Allan disse:

    Em todas as oportunidades que acontecem um movimento grevista,esses professores deixam muito claro que eles não tem condição alguma de estarem em sala de aula cuidando da educação das nossas crianças e adolecentes. Reivindicar seus direitos,ou pelo menos os direitos que eles acham que tem,é legítimo,mas impedir o direito de ir e vir das pessoas eles não podem não. Com esse gesto,eles mostram que são despreparados e anti-civilizados.

  2. Allan disse:

    Em todas as oportunidades que acontece um movimento grevista,esses professores mostram que não tem condições alguma de estarem nas salas de aula cuidando da educação das nossas crianças e dos nossos jovens. Reivindicar um direito que eles acham que tem,é legítimo,agora impedir o direito das pessoas de ir e vir eles não tem não. Com essa atitude,eles mostram que são despreparados e anti-civilizados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.