Flúvia Amorim é cotada para assumir a Secretaria de Saúde do governo de Goiás

Profissionais da saúde avaliam que ela é a pessoa indicada para substituir Ismael Alexandrino, se este sair para disputar mandato de deputado federal

Flúvia Amorim é superintendente de Vigilância em Saúde de Goiás | Foto: Fábio Costa/Jornal Opção

Superintendente de Vigilância em Saúde da Secretaria estadual de Saúde de Goiás, Flúvia Pereira Amorim da Silva, de 47 anos, é cotada para substituir o secretário Ismael Alexandrino, que deve se filiar ao União Brasil para disputar mandato de deputado federal, na eleição de 2022.

Apontada como competente pelos profissionais de Saúde, Flúvia Amorim é formada em Enfermagem e tem mestrado, na área de Medicina Tropical, pela Universidade Federal. Ela é pesquisadora. Estudou Epidemiologia para Gestão na Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health.

Quando começou a pandemia da Covid-19, profissionais de saúde disseram a respeito de Flúvia Amorim: “É a pessoa certa no lugar certo”. Porque a profissional tem conhecimento técnico de epidemiologia, é eficiente em termos de gestão e fala sobre o assunto com o máximo de clareza e capacidade de síntese.

“Dada a variante Ômicrom, o quadro da Covid-19 tende a se agravar, ainda que em menor escala do que nos períodos mais ‘agressivos’, e é preciso ter uma pessoa como a Flúvia, que entende muito do assunto e é gestora, por perto”, afirma um infectologista.

2 respostas para “Flúvia Amorim é cotada para assumir a Secretaria de Saúde do governo de Goiás”

  1. Avatar Daniela SALLUM disse:

    Concordo. Excelente profissional e tem o respeito e a admiração dos gestores de saúde.

  2. Avatar Sérgio disse:

    E os companheiros do governador?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.