Filho de Lula, Luís Cláudio, faturou 10 milhões de reais. Origem dos recursos é suspeita

A LFT Marketing Esportivo faturou 4 milhões da Marcondes & Mautoni. O restante do dinheiro tem origem suspeita. Luís Cláudio não prestou serviço algum

Luís Cláudio Lula da Silva

O jornal “O Estado de S. Paulo” publicou na edição de terça-feira, 31, que a Operação Zelotes descobriu que um dos filhos do ex-presidente Lula da Silva, Luís Cláudio Lula da Silva, recebeu quase 10 milhões de reais. Ocorre que ele não conseguiu provar o que sua empresa, a LFT Marketing Esportivo, fez para receber tão polpuda quantia. Sabia-se, até o momento, que a Marcondes & Mautoni havia repassado 2,5 milhões de reais para Luís Cláudio. Na verdade, repassou 4 milhões de reais. É um fato novo. Outro fato novo: o restante, segundo a Operação Zelotes, tem origem suspeita. “Os investigadores querem saber qual trabalho foi prestado para resultar no recebimento dos demais valores”, anota o “Estadão”.

O jornal paulista afirma que “uma das linhas da investigação é saber se Lula indicou empresas para contratar a firma do filho. A empresa de Luís Cláudio não tem funcionários registrados, apesar dos valores milionários que recebeu, nem ele expertise em consultoria. O trabalho para a Mautoni foi copiado da internet”.

Segundo o “Estadão”, a Operação Zelotes “investiga suposta propina na compra dos caças Gripen, da fabricante sueca Saab, pelo governo Dilma Rousseff”.

Assessoria de Luís Cláudio sublinho que “não localizou os advogados e que teve pouco tempo para comentar o assunto”.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Santos Mallman Santos

PF INVESTIGA DENÚNCIA DE SUPERFATURAMENTO DE R$ 170 MILHÕES NO RODOANEL, NA GESTÃO DE GERALDO ALCKMIN
A origem foi uma denúncia feita por João Bosco Gomides, ex-funcionário de uma prestadora de serviços da Desenvolvimento Rodoviário S.A (Dersa), estatal do governo de São Paulo, que apontou um aditivo ilícito em favor da OAS.