Fabiana Pulcineli tenta ensinar como políticos devem agir. Eles morrem de rir

A repórter de O Popular e comentarista da CBN é notável, mas, na seara dos políticos, tem pouco a ensiná-los. Leva rasteira de qualquer um

Fabiana Pulcineli, jornalista de primeira linha de O Popular e da Rádio CBN | Foto: Facebook

Fabiana Pulcineli é uma jornalista de primeira linha — crítica, atenta e, como repórter, quase sempre precisa. Mas às vezes comporta-se mais como ideóloga e militante política (quase partidária). Se fraqueja na crítica à gestão caótica do prefeito de Goiânia, Iris Rezende (PMDB) — o Daniel Antônio da terceira idade —, é frequentemente agressiva nas críticas à gestão do governador de Goiás, Marconi Perillo. Se mantivesse o equilíbrio, tudo bem, pois estaria sendo independente.

Recentemente, num seus comentários na CBN, onde participa de maneira instigante e crítica, Fabiana Pulcineli decidiu ensinar aos políticos da oposição como se deve fazer oposição e agir na Assembleia Legislativa de Goiás. Sempre que jornalista resolve ensinar aos políticos como se faz política, que é o mesmo que ensinar um chef experimentado como se faz comida, sabe o que ocorre? Os políticos morrem de rir.

Fabiana Pulcineli mais parece uma militante política do que jornalista. Seus posts são agressivos ao governo do Estado e, num comentário da CBN, chegou a dar aula para a oposição sobre como deveria agir na Assembleia. Não é função de repórter e analista ensinar comportamento para políticos.

Frise-se que, ao menos em “O Popular”, a repórter é mais comedida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.