Enfrentando dificuldades, campanha de Iris troca jurídico e deve mexer em outras áreas

Falta recursos para o candidato do PMDB, que vê seu principal adversário, Vanderlan Cardoso (PSB), crescer nas pesquisas

O candidato à prefeitura de Goiânia pelo PMDB, Iris Rezende, sofre com falta de recursos para sua campanha em um momento crucial da disputa eleitoral — quando seu adversário, Vanderlan Cardoso (PSB), já disputa voto a voto a primeira colocação e recebe, cada vez mais, apoios.

Para tentar mudar o quadro que pode culminar em uma derrota, a revista Veja informa que o peemedebista fez mudanças em sua equipe — um dia após a mesma publicação atestar a dificuldade financeira da campanha peemedebista.

Um dos principais aliados de Iris, o ex-senador Mauro Miranda já reconhece publicamente que há escassez de recursos.

Iris teria, ainda, pressionado a cúpula nacional do partido pela liberação de recursos, sem que obtivesse sucesso na empreitada — ele e o senador Romero Jucá (RR), presidente em exercício do partido, negam.

Segundo a publicação, a troca começou pela coordenação jurídica. A responsável das pendências judiciais passa a ser Anna Vitória Caiado, filha do senador Ronaldo Caiado (DEM). Outra área que deve sofrer mudanças é a mais estratégica, o marketing. Para isso, cogita-se trocar Jorcelino Braga.

Nos bastidores e em questões práticas da campanha o clima é ainda pior. De acordo com pessoas próximas do QG de Iris, estaria faltando até combustível para os apoiadores saírem às ruas. A campanha nega as suposições.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.