Deputados federais, com emendas de 16 milhões de reais, não querem ser secretários em Goiás

celiio-thiago-heuler-vecci

Os deputados federais Célio Silveira (PSDB), Thiago Peixoto (PSD) e Giuseppe Vecci (PSDB) foram sondados para ocupar cargos de secretários na equipe do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), mas sinalizaram que, se forem oficialmente convidados, não vão trocar a Câmara dos Deputados pelo governo. Os parlamentares afirmam que contam com uma estrutura razoável em Brasília. Por exemplo: eles têm 16 milhões de reais — do Orçamento Geral de União — para distribuírem em emendas para as prefeituras administradas por prefeitos aliados. O fato é que Heuler Cruvinel (PSD) é cotado para assumir a Secretaria de Desenvolvimento. Porque o governador Marconi Perillo fez um compromisso com Ciro Nogueira de que vai manter Sandes em Brasília.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.