Deputado federal Alexandre Baldy pode assumir o comando do PTB em Goiás

Alexandre Baldy sugere que, se não assumir a presidência do PSDB de Goiás, pode migrar para partido da filha de Roberto Jefferson | Foto: reprodução / Facebook

Insatisfeito com o suposto veto do governador Marconi Perillo à sua candidatura a presidente do PSDB de Goiás, o deputado federal Alexandre Baldy disse a vários políticos, na semana passada, que está de malas prontas para deixar o partido.

Baldy conversou com a deputada federal Cristiane Brasil — filha do ex-deputado Roberto Jefferson, do Rio de Janeiro — e, se confirmada a saída do deputado federal Jovair Arantes, que estaria prestes a assumir o comando do PHS em Goiás, o jovem parlamentar e empresário assumiria o controle do partido no Estado.

Nenhum partido quer perder um deputado federal, ainda mais um jovem promissor como Baldy, mas um marconista fez um comentário ácido ao saber que ele estava tricotando com Cristiane Brasil: “O governador Marconi suporta Jovair Arantes, com suas pressões frequentes, há vários anos e não tem o mínimo interesse em suportar outro político com as mesmas ‘virtudes’ [o tucano cobrou aspas]. Não quer a saída de Baldy, mas, se ele estiver mesmo decidido, nada se pode fazer”.

Na verdade, a turma do deixa-disso já está em campo, para apaziguar os ânimos. Mas Baldy estaria extremamente “irritado” e disposto a romper com a cúpula tucana. Ao se aproximar de Cristiane Brasil, estaria dando um recado, quer dizer, tem alternativa e não depende do marconismo.

A um tucano, Baldy confidenciou que ainda não definiu se vai disputar a Prefeitura de Anápolis e que pode se resguardar para a disputa de 2018. O jovem empresário tem muito mais interesse em disputar o governo do que a prefeitura anapolina. “Ele teme perder em 2016 e ficar com a imagem fragilizada tanto para a disputa de 2018 quanto para a de 2022”, frisa o tucano.

Afinal, Baldy sai mesmo do PSDB? Na verdade, não quer abandoná-lo. Pelo contrário, quer ficar, dada a estrutura do partido, mas desde que seja eleito seu presidente regional. O problema é que a base marconista prefere Afrêni Gonçalves — que não tem mandato — na presidência.

Uma resposta para “Deputado federal Alexandre Baldy pode assumir o comando do PTB em Goiás”

  1. Avatar Adnaldo disse:

    Sinceramente, o governador sempre destaca em seus discursos, o jovem. Porque ele não que não quer o Alexandre Baldy? Foi pelas criticas feitas a Ana Carla Abrão? É, o ciclo da Base Marconista esta passando, com essas atitudes logo, logo, será chamado de velho. E quem não perceber vai ficar politicamente velho também. Goias tem que acabar com estes donos de partido, PMDB tem dono, PSDB tem dono, PT tem dono, como que a juventude vai aparecer? Para cargos de governador, prefeito, etc…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.