Delegado Waldir prova que não precisa de ninguém para ser campeão de voto. Só dos eleitores

O líder do PSL está eleito e sem precisar de quociente eleitoral. Ele tem quase o dobro do segundo colocado

Delegado Waldir, um campeão de voto | Foto: Fábio Costa/Jornal Opção

Falem mal, se quiserem. Falem bem, se quiserem. Só não digam que o deputado federal Delegado Waldir Soares, do PSL, é ruim de voto. Porque não é. Pelo contrário, é, ao menos para deputado federal, o maior “amigo” dos eleitores de Goiás.

Os demais candidatos, para se elegerem, precisam de quociente eleitoral. Delegado Waldir não precisa. Ele só precisa dele mesmo e de seus eleitores fieis. No momento, com 80% das urnas apuradas, o grande nome do PSL em Goiás — chamado por alguns eleitores de Bolsonarinho — aparece em primeiro lugar, com quase 230 mil votos. Quase o dobro do segundo colocado, o médico Zacharias Calil, do DEM.

Aliado de Jair Bolsonaro, desde o primeiro minuto, na hipótese de o líder do PSL se tornar presidente da República, Delegado Waldir terá portas abertas no Palácio do Planalto. Os dois são, mais do que aliados políticos, verdadeiros amigos. Se falam com frequência e se adoram. Ronaldo Caiado, se Bolsonaro for eleito, no primeiro ou no segundo turno, terá Delegado Waldir como seu embaixador em Brasília.

Em 2020, Delegado Waldir deve disputar a Prefeitura de Goiânia

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.