Com Lula da Silva candidato, PT aposta que vai eleger dois deputados federais em Goiás

Tese: eleito presidente, Lula da Lula enfrentará resistência no Congresso Nacional; por isso precisa de uma bancada forte do PT

Rubens Otoni, Adriana Accorsi, Luis Cesar Bueno e Humberto Aidar | Fotos: Câmara Federal, Alego e Jornal Opção

O PT está com problemas para montar sua chapa para deputado federal. No momento, só um nome definido, o do deputado federal Rubens Otoni. A tese dos petistas é: se o PT fechar uma aliança para 2018, aí lançará apenas Rubens Otoni para deputado federal. Se disputar sozinho, sem uma aliança forte — por exemplo, com o PMDB de Daniel Vilela —, o PT terá de mudar sua tática e lançar uma chapa com mais nomes, porque, se não o fizer, Rubens Otoni, mesmo sendo votado, corre risco de ser derrotado.

No caso de marchar sozinho em 2018, o PT fará uma mudança: alguns de seus candidatos a deputados estadual podem disputar mandato de deputado federal, com o objetivo de garantir pelo menos um representante em Brasília. Neyde Aparecida planeja ser deputada estadual, mas pode ir a federal. Marina Sant’Anna, cotada para deputada estadual, pode ir a federal. Trata-se de um nome respeitável, que tem votos em Goiânia e em algumas cidades do interior. Adriana Accorsi, Humberto Aidar e Luis Cesar Bueno topam um up grade? É provável. Os três já têm estatura para disputar mandato de deputado federal e com chance de vencer. Não os três, é claro, mas um deles, ao lado de Rubens Otoni, que é hors concours. Uma decisão do PT pode levar os três, ou ao menos um ou dois deles, para a disputa. Há riscos? Sim. Basicamente, o PT pode perder deputados estaduais qualitativos e pode não conseguir elegê-los para deputado federal. A votação deles serviria unicamente para eleger Rubens Otoni.

Petistas acreditam que, se for candidato a presidente, Lula da Silva, seus votos, pode contribuir para eleger até dois deputados federais do PT em Goiás. Se for eleito, Lula da Silva terá resistência no Congresso Nacional. Por isso, além de sua própria campanha, vai trabalhar para eleger uma bancada federal petista ampliada. Acredita-se que os votos úteis dados o líder maior do PT serão também concedidos aos candidatos a deputado federal do partido.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.