Caroline Marques e Talmon Pinheiro podem disputar vaga do desembargador Geraldo Gonçalves

Alexandre Tocantins, Juberto Jubé, Reinaldo Barreto, Cleuler Barbosa e Rosângela Magalhães aparecem na lista dos favoritos

Caroline Marques | Foto: reprodução

O Jornal Opção publicou um cânone mínimo dos advogados que podem ser indicados para substituir o desembargador Geraldo Gonçalves, que se aposentou recentemente. Foram mencionados Alexandre Tocantins, Juberto Jubé, Reinaldo Barreto, Fernando Navarrete, Cleuler Barbosa e Rosângela Magalhães.

O advogado Talmon Pinheiro, de Anápolis, disse, no Facebook, que, se o pleito for direto — e não por intermédio do Conselho da OAB —, vai colocar seu nome na disputa. Um dos nomes mais cotados é o da advogada Caroline Marques. Advogados mencionam-na como uma profissional qualificada e experimentada, assim como Talmon Pinheiro.

O presidente da OAB-Goiás, Lúcio Flávio de Paiva, disse, durante a campanha, que o pleito para a escolha dos seis nomes que a instituição tem de enviar para o Tribunal de Justiça seria feito por eleição direta. Todos os advogados poderiam votar.

Talmon Pinheiro | Foto: reprodução

Tudo indica que Lúcio Flávio mudou de ideia ou, pelo menos, está indeciso. Há a sugestão de que a eleição seja “semi-direta”.

Quer dizer: todos os advogados escolhem 12 nomes e o Conselho da OAB refina para seis nomes. Há a possibilidade de o Conselho escolher 12 nomes e todos os advogados inscritos na Ordem escolherem seis nomes para enviar ao Tribunal de Justiça. Lá, o TJ refina a lista para três e envia para o governador Marconi Perillo, que indica o desembargador.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.