Baldy empolga em Brasília e vai ser vice-presidente nacional do PP

Jovem goianiense já assumiu o comando do PP em Goiás

Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, é chamado em Brasília de “supérministro” e de “formiga atômica”. Ele simplesmente não para e, segundo o presidente Michel Temer, gosta de resolver, não de criar, os problemas.

Politicamente, diria Euclides da Cunha, é um forte. Além de assumir o comando do PP em Goiás, o jovem goianiense vai assumir, brevemente, a vice-presidência nacional do partido (por isso ficou no governo, a pedido do presidente nacional do PP, Ciro Nogueira).

Paparicado tanto pelo presidente Michel Temer quanto por Ciro Nogueira, Alexandre Baldy não fica envaidecido. Ele está vacinado, porque é filho da escola política de Marco Maciel, que foi vice-presidente nos dois governos de Fernando Henrique Cardoso. Marco Maciel, hoje com Alzheimer, é sogro de Joel Santana Filho, irmão de Baldy.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.