Anselmo Pereira já estaria articulando para se “reeleger” presidente da Câmara

Tucano tem buscado apoio para bancar seu nome na eleição do ano que vem 

Anselmo Pereira, presidente da Câmara | Foto: Alberto Maia

Anselmo Pereira, presidente da Câmara | Foto: Alberto Maia

Nem tomou posse para seu 9º mandato na Câmara Municipal de Goiânia e o vereador Anselmo Pereira (PSDB) já tem se articulado junto ao alto clero para se “reeleger” na presidência do Legislativo goianiense.

Aliás, nem sequer sabe quem será o prefeito (Iris e Vanderlan disputam o segundo turno no dia 30 de outubro) e o tucano tenta viabilizar seu nome para o biênio 2017-2018, antecipando ao máximo a discussão. Frise-se que, como se trata de uma nova legislatura, não seria uma reeleição propriamente dita.

Vereadores eleitos afirmaram ao Jornal Opção que Anselmo só está se esquecendo de combinar com os russos, digo, os parlamentares. “Está passando o carro na frente dos bois… Quem vota somos nós”, alerta um novato.

Contudo, ao ser questionado sobre a movimentação do atual presidente, um experiente vereador destaca que a gestão dele foi “ruim e frustrante”; assim, as chances de Anselmo conseguir ser presidente novamente “variam de 0 a -10”.

“Ele tem muita rejeição, politicamente não consegue. Não digo que seja impossível, mas vai ser muito difícil de convencer tanto os reeleitos quanto os novos”, completa.

Quem acompanhou as sessões da Câmara no último ano sabe que foram reiterados os episódios em que Anselmo bateu boca, passou sermão e se envolveu em polêmicas com os colegas.

Chegou a dizer que um servidor da casa era “negro de alma branca” e que quem frequenta bares de madrugada é “corno ou delinquente”.

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.