Adib Elias foi atropelado por Maguito em 2006 e quer ajudar Caiado a atropelar Daniel em 2018

Provando que vingança é um prato que se come frio, o prefeito de Catalão quer impedir ou enfraquecer a candidatura do filho de Maguito Vilela

Fotos: Assembleia Legislativa/ Câmara Federal e arquivo Jornal Opção

Um deputado estadual diz que sabe o motivo pelo qual o prefeito de Catalão, Adib Elias (PMDB), veta o nome do deputado federal Daniel Vilela, do PMDB, para o governo do Estado e hipoteca seu apoio à candidatura de Ronaldo Caiado, do DEM.

Não teria a ver com a conjuntura política, quer dizer, com o fato de que o senador aparecer em primeiro lugar nas pesquisas de intenção e voto. Trata-se de uma mágoa, que pode se transformar em vingança —o tal “prato que se come frio”. Em 2006, Maguito Vilela atropelou Adib Elias, sem dor nem piedade, e conseguiu ser o candidato do PMDB a governador. O prefeito de Catalão agora quer dar o troco. “É vendetta pura”, afirma o deputado.

Deixe um comentário