11 prefeitos goianos que foram as revelações das eleições de 2016

Na foto Carlos Alberto de Andrade (Carlão)

Carlão da Fox/PSDB — A rigor, não se trata de uma revelação, porque já havia sido prefeito de Goianira. Mas, enfrentando uma campanha cara e sórdida, ganhou com facilidade. Quer moralizar a prefeitura e trabalhar para que Goianira deixe de ser conhecida como cidade-dormitório.

 

roller-foto-marcos-kennedy-OK

 

Ernesto Roller/PMDB — O jovem deputado lutou contra forças poderosas e endinheiradas da cidade de Formosa. Mas venceu tudo e todos. Seu problema é uma dívida gigantesca.

 

 

gustavo-mendanha_credito_diario_de_aparecida4

Gustavo Mendanha/PMDB — O jovem político começou como último colocado e, em menos de 30 dias de campanha, já havia superado seus adversários. Maguito Vilela foi importante? Foi. Mas o peemedebista de Aparecida de Goiânia fez uma campanha impecável.

 

Issy Quinan prefeito de Vianópolis ISSY-QUINAN

 

Issy Quinan/PP — Foi reeleito, portanto nem pode ser considerado revelação. Mas, por ter disputado sozinho — ninguém quis enfrentá-lo —, e ter uma popularidade extraordinária, é listado entre as revelações. De Vianópolis.

 

narcia-kelly

 

Nárcia Kelly/PTB — Superou uma campanha de ataques de baixo nível, fez uma campanha limpa e provou que o tostão pode vencer o milhão. De Bela Vista de Goiás.

 

 

prefeito-hidrolandia-paulinho-rezende

 

Paulinho Rezende/DEM — Foi reeleito e enfrentou uma campanha sórdida. Chegou a ser cotado para presidir a AGM. De Hidrolância.

 

 

pedro-fernandes-OK

 

Pedro Fernandes/PSDB — Todo mundo achava que era um mero poste do deputado Júlio da Retífica. Não era, não. Fez uma campanha consistente e derrotou Eronildo Valadares, do PMDB, que torrou uma fortuna, mas se deu mal.

 

renato de castro

 

Renato de Castro/PMDB — No início da campanha, era visto como mero playboy de cidade do interior. Provou que não era e derrotou o mito da família Lage.

 

 

screenshot_15

 

Roberto Orion/PTB — Ganhou de João Gomes, do PT. Mais do que isto, derrotou a lenda do partido na cidade, Antônio Gomide. Este praticamente colou sua imagem à do candidato João Gomes. Mas a força do novo consistente valeu mais do que o mito.

 

valmir-pedro

 

Valmir Pedro/PSDB — O tucano fez uma campanha franciscana, mas participante. Seu adversário “moeu” dinheiro em toda a cidade e acabou derrotado. Grana não compra tudo — muito menos a dignidade do eleitorado.

 

Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

 

Vinicius Luz/PSDB — Seu adversário, milionário, torrou uma bufunfa formidável. Mas os tostões do tucano valeram muito mais, para os eleitores, do que os milhões de Victor Priori.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.