Solidariedade e Pros que são integrantes da coligação do PT anunciaram apoio à reeleição de Arthur Lira (PP-AL) para presidente da Câmara dos Deputados. O comunicado foi feito nesta sexta-feira, 25. Os dois partidos estão em processo de incorporação, por não alcançar a cláusula de desempenho.

No comunicado em conjunto, as legendas defenderam a continuidade do deputado no comando da Casa. “Os partidos Solidariedade e Pros, conjuntamente com as suas bancadas, decidiram apoiar a reeleição do deputado federal Arthur Lira à presidência da Câmara dos Deputados. A decisão leva em conta o fato de Lira representar a unidade que o Brasil precisa para voltar a crescer”, cita trecho da nota.

Após os resultados das eleições deste ano, Solidariedade e Pros intensificaram encontros visando a união entre as siglas. Inicialmente, as cúpulas sinalizavam para uma fusão, no entanto, houve a opção pela incorporação. Neste caso, o Pros é incorporado ao Solidariedade, que mantém o nome e número. Isso é, uma saída para manter o direito ao fundo partidário e ao tempo de TV e rádio.

Juntas, as legendas elegeram oito deputados federais para a próxima legislatura e sozinhas não superaram a cláusula de desempenho. A união é a tentativa de se manter no parlamentar participando ativamente de comissões importantes, por exemplo. “Desde o início da campanha do presidente Lula, defendemos a união dos partidos em prol de um país desenvolvido e justo para todos os brasileiros. Agora em processo de incorporação, o Solidariedade e o Pros continuam acreditando que apenas com diálogo podemos ajudar o novo governo a trabalhar melhor”, informa a nota.

Apoios

Na última semana, outros partidos declararam apoio à reeleição de Arthur Lira. São eles: União Brasil, PDT e Republicanos. A expectativa é de PV, PSB e PCdoB – partidos aliados de Lula – integrem a base de sustentação para mais um mandato do parlamentar na presidência da Câmara.