Risco de racionamento de energia em Goiás

Duas das quatro hidrelétricas instaladas em Goiás ou na divisa do Estado chegaram a situação crítica, próximo do chamado limite prudencial de volume de água de 10%. Isso significa risco real de racionamento de energia até março, se não tiver água suficiente para o restante do ano. As usinas de Itumbiara e Emborcação estão com 10,7% e 13,1% respec-tivamente. O nível dos reservatórios diminui a cada dia e a pouca chuva que caiu em janeiro não é suficiente para evitar a redução. Durante todo o mês, só choveu 11,85% do que era esperado.

O País enfrenta uma das mais severas secas dos últimos anos. Na semana passada, o ministro das Minas e Energia, Eduardo Braga, disse que o Brasil pode enfrentar racionamento se o nível dos reservatórios atingir patamar de 10%. O limite é estabelcido pelo Centro de Pesquisa de Energia Elétrica (Cepel).

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.