Marconi afirma que não focará críticas a adversários

Governador Marconi Perillo: “Vamos fazer campanha propositiva”

semana.qxd

Dando continuidade a uma tradição, o governador Mar­co­ni Perillo (PSDB) iniciou a campanha para sua reeleição na semana passada com uma reunião política em Goianésia. Desde 1998, quando disputou seu primeiro pleito najoritário, o município é escolhido pelo governador para dar inícios aos seus trabalhos eleitorais. Quando ele começou a campanha naquele ano, aparecia com apenas 3% das intenções de votos nas pesquisas, mas, contrariando todas as expectativas, sagrou-se vitorioso nas urnas.

Passados 16 anos, o quadro político mudou muito, e desde já o governador desponta como o favorito na corrida para o Executivo estadual. E o tucano afirma que pretende manter-se à frente ao não enfocar sua campanha em críticas aos concorrentes. “O nosso forte não será xingar os adversários. Não estamos aqui para perder tempo enumerando defeitos dos outros. Este não é o nosso foco. A população saberá identificar quem é quem e fazer as comparações necessárias”, declarou o governador.

Ressaltando avanços de seu governo em diferentes áreas, Marconi disse que vai fazer uma campanha propositiva. “Estamos preparados para todos os tipos de debates.” O ex-prefeito de Goianésia Otávio Lage saudou o governador ressaltando o crescimento do município durante sua administração.

Produção industrial goiana é a 2ª em expansão no País

Goiás registrou o segundo maior a­vanço na produção industrial brasileira no mês de maio, se comparado a abril. Os responsáveis pela alta de 2,1% fo­ram as produções de alimentos, de biocombustível e de minérios. Os dados mos­tram que a economia goiana cresceu bem acima da média nacional, que foi negativa em -0,6%.

Segundo pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) na série com ajuste sazonal, Goiás ficou apenas atrás do Pará, que as­­sinalou expansão 4,2% em maio e 12,4% no acumulado. No acumulado de quatro meses, a economia goiana al­cançou 10,2%. Se comparado ao mes­mo período de 2013, a elevação foi de 4,2%. Outros Estados que registraram altas foram Ceará (1,2%), Paraná (1,1%), São Paulo (1,0%), Minas Gerais (0,5%) e Santa Catarina (0,3%). No que se referem aos indicadores da produção industrial dos últimos 12 meses, Goiás cresceu 3,3%.

Goiânia é a melhor cidade brasileira em poder de compras

O site Numbeo divulgou no dia 1º deste mês o Índice de Poder de Compra de 2014, o qual aponta Goiânia na melhor colocação entre as cidades brasileiras, com 75,8 pontos. Na tabela feita pelo site, a capital goiana ficou acima inclusive de Londres. O índice mede a quantidade de bens e serviços que os cidadãos das principais cidades do mundo conseguem adquirir com os seus salários, levando em conta os valores de transporte, alimento, moradia, utilidades e restaurantes. Em geral, o índice das cidades brasileiras está bem abaixo de cidades como Berna, na Suíça, que está em primeiro lugar com 160,1. Com apenas 7,3, os moradores de Port Moresby, em Papua Nova Guiné, possuem o pior poder de compra.

Numbeo é um site onde os próprios usuários contribuem com dados de suas cidades e países.

Portaria proíbe entrada de policiais armados em boates

Os policiais militares e civis do Estado de Goiás estão proibidos de ingressar em casas noturnas e boates em posse de armas de fogo de propriedade do Estado de Goiás. Esta foi a resolução definida em portaria assinada pelo secretário estadual de Segurança Pública, Joaquim Mesquita, na quarta-feira, 9. A exceção é para os agentes que estão a serviço.
A portaria nº1115/2014/SSP é similar à que foi adotada durante as duas últimas edições da Exposição Agro­pe­cuária de Goiás proibindo o in­gresso de agentes que estejam fo­ra do horário de trabalho em posse de armas que pertençam ao Estado.

A exigência partiu da Associa­ção Brasileira de Bares e Res­tau­rantes em Goiás (Abrasel Goiás). Em entrevista, Joaquim Mesquita destacou a importância da medida para a sociedade goiana. “De fato, devemos restringir o máximo possível o ingresso de armas em espaços com maior aglomeração e consumo de bebidas alcóolicas”, disse. No caso de eventos, a proibição do uso de armas deverá ser solicitada por meio de uma portaria específica.

Morre o ex-candidato à Presidência Plínio de Arruda Sampaio

O ex-deputado e ex-candidato à Presidência da República pelo PSol, Plínio de Arruda Sampaio, faleceu na tarde de terça-feira, 8, aos 83 anos. Ele estava internado por cusa de um câncer ósseo havia um mês no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

Plínio foi candidato à Pre­sidência em 2010. Ele obteve 886 mil votos, 0,87% do total, ficando na quarta colocação na disputa.

Sua entrada na política se deu em 1962, quando foi eleito para a Câ­mara dos Deputados pelo Par­tido Democrata Cristão (PDC). Foi eleito deputado federal por seis vezes.
Quando teve o mandato cassado durante a ditadura militar, exilou-se no Chile e nos Estados Uni­dos. Retornou em 1976 e ajudou na fundação do PT, em 1980. Desfiliou-se do PT em 2005, indignado com o escândalo do mensalão.

Goiás registra 2º caso de febre chikungunya

O segundo caso suspeito de febre chikungunya foi registrado em Goiás. Trata-se de uma mulher, com idade de 35 a 40 anos, que chegou a Goiânia após uma viagem a República Dominicana.

A febre chikungunya é uma doença viral, transmitida por mosquitos, com diversos registros na América Central. O caso da goianiense começou a ser investigado depois que ela procurou a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) com suspeitas de que estava com sintomas da doença. Ela tomou conhecimento da enfermidade por meio da mídia.

De acordo com a SMS, não há riscos de que outra pessoa seja infectada na capital, já que foram realizados todos os procedimentos preventivos em tempo hábil.

Deixe um comentário