Falha do piloto teria causado acidente que matou Campos

Local em São Paulo onde caiu a aeronave em que estava o político Eduardo Campos e mais seis pessoas | Foto: Nara Assunção/ Jornal Boqnews

Local em São Paulo onde caiu a aeronave em que estava o político Eduardo Campos e mais seis pessoas | Foto: Nara Assunção/ Jornal Boqnews

Investigações da Aeronáutica concluíram que o acidente que matou o ex-governador do Pernambuco e então presidenciável Eduardo Campos (PSB), em agosto do ano passado, durante campanha eleitoral, foi causado por falhas do piloto Marcos Martins. As informações, divulgadas na sexta-feira, 16, são do jornal “O Estado de S. Paulo”.

Conforme descrito, Martins teve que abortar o pouso e arremeter bruscamente. Nesse momento, operou os aparelhos de forma errada, indo de encontro ao que é recomendado pelo fabricante, tendo sofrido o que se chama de “desorientação espacial” — quando o piloto perde a noção da posição do avião em relação ao solo.

Durante os cinco meses de investigações, o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos não encontrou indício de falha técnica, mas uma sucessão de erros por parte de Marco Martins, que não estava treinado para pilotar aquele tipo de aeronave — Cessna 560 XL –, não tendo passado, por exemplo, pelo simulador. Essas circunstâncias foram agravadas pelo tempo fechado, com muita chuva.

2014 foi o ano mais quente na história moderna

O ano de 2014 foi o mais quente do planeta desde o início dos registros em 1880, anunciou na sexta-feira, 16, a Agência Oceânica e Atmosférica (NOAA, da sigla em inglês), dos Estados Unidos. Dezembro também marcou uma temperatura média na superfície da Terra e dos oceanos sem precedentes nos últimos 134 anos para este período do ano, acrescentou a NOAA. Para o ano, a temperatura média se situa entre 0,69 °C acima do média do século 20, superando as marcas prévias de 2005 e 2010, de 0,04 °C.

O relatório da agência disse que o recorde de aquecimento se propagou pelo mundo. A agência disse ainda que as medições realizadas pela Nasa de forma independente chegam às mesmas conclusões. A confirmação de que 2014 foi o mais quente desde 1891 também foi feita pela Agência Meteorológica Japonesa e pela Agência Meteorológica do Reino Unido.

Homem que mantinha refém na França é preso

A França viveu mais um episódio de violência na sexta-feira, 16, quando um sequestrador manteve dois reféns em uma agência de correios, em Colombes, cidade próxima a Paris. Com a ação da polícia, ele entregou-se e foi preso. Conforme informações preliminares, o sequestrador não tem ligação com os terroristas responsáveis pelos últimos atentados na França, e sua motivação seria uma desilusão amorosa. Ninguém ficou ferido. Assim que tomou a agência, o próprio homem ligou para a polícia e disse que estava com uma Kalashnikov e granadas. Ele, que não teve a identidade divulgada, já havia sido fichado pela polícia.

Indonésia nega apelo de Dilma por brasileiros

Está previsto para este domingo, 18, a morte por fuzilamento do brasileiro Marco Archer Cardoso Moreira na Indonésia. O brasileiro está no corredor da morte desde 2004, quando foi condenado por tráfico de drogas. Além de Marco, o também brasileiro Rodrigo Muxfeldt Gularte está na lista de execução do país.

O governo da Indonésia rejeitou o apelo feito pela presidente Dilma Rousseff (PT), na sexta-feira, 16, para que os brasileiros não fossem executados. A presidente falou, por telefone, com o presidente da Indonésia, Joko Widodo. A conversa entre os dois foi a mais recente tentativa do governo brasileiro de evitar a execução de Archer, prevista para este domingo.

Em nota, a presidente disse “lamentar profundamente a decisão do presidente Widodo de levar adiante a execução do brasileiro Marcos Archer”. Em resposta ao apelo de Dilma, Widodo disse que “não poderia comutar a sentença de Marco Archer, pois todos os trâmites jurídicos foram seguidos conforme a lei indonésia e aos brasileiros foi garantido o devido processo legal”.

Mané de Oliveira critica posse de Sampaio em time

O deputado estadual eleito Mané de Oliveira (PSDB) expressou, novamente, sua indignação com a aclamação do ex-cartorário Maurício Sampaio à presidência do Atlético Clube Goianiense, durante evento realizado na quarta-feira, 14, na Associação dos Procuradores do Estado de Goiás (Apeg). Pai do cronista esportivo Valério Luiz de Oliveira, assassinado em julho de 2012, o tucano afirmou ao Jornal Opção Online que a posse de Sampaio é uma afronta à imprensa goiana e à sociedade. O novo presidente é acusado de ser o mandante do crime.

“Como algum acusado de assassinato toma posse em um cargo desse?”, questionou. O deputado reiterou algo que prometeu durante o período da campanha eleitoral: “Na Assembleia Legislativa, vou lutar contra a impunidade lembrando do Valério. Vou ajudar outras pessoas que são injustiçadas. Antes, eu não era ninguém. Agora, se precisar falar com algum político, um ministro, eu sou o deputado Mané de Oliveira”.

Chade vai lutar contra terroristas do Boko Haram

O exército do Chade se dirigia na sexta-feira, 16, ao vizinho Camarões para lutar contra os islamitas armados do Boko Haram, acusados pelos ocidentais de crimes contra a humanidade após uma série de sangrentos ataques na Nigéria. No início de janeiro, os islamitas do Boko Haram tomaram esta localidade nigeriana, ao término de uma sangrenta ofensiva. Segundo a Anistia Internacional, o grupo armado desde o início de sua insurreição, em 2009, deixou desde então mais de 13.000 mortos e 1,5 milhão de deslocados. Segundo vários testemunhos, o Boko Haram sequestrou centenas de mulheres e grande parte delas seguem como reféns.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.