Aécio Neves critica Dilma e diz que “mentira venceu a eleição”

De visual novo, com barba, em sua primeira aparição pública no ano, o senador e candidato derrotado à Presidência da República em 2014, Aécio Neves (PSDB-MG), voltou a criticar o governo de Dilma Rousseff (PT) e defendeu a recriação da CPMI da Petrobrás, para investigar os casos de desvio de recursos da estatal. “Destruíram nossa maior empresa e não tiveram a capacidade de, agora, reconhecendo os desvios, minimizar as perdas”, afirmou o tucano. “Cada vez mais, vai ficando claro que quem venceu as eleições foi a mentira, infelizmente, e não a verdade.”

As declarações foram feitas durante a reunião da bancada do PSDB na Câmara dos Deputados, realizada na manhã de sexta-feira, 30, em um hotel de Brasília. Bronzeado e usando barba, o senador mineiro criticou o governo Dilma afirmando que o Brasil está “provando o veneno” de um governo “irresponsável”.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.