Zélio Cândido descarta novas eleições e acredita que será empossado em Senador Canedo

Candidato do PSB afirmou que foi o verdadeiro vencedor da disputa, já que Divino Lemes, que obteve maioria, foi declarado inelegível

zelio-candido-foto-facebook

Zélio Cândido acredita que está eleito | Foto: reprodução

O candidato do PSB à Prefeitura de Senador Canedo em 2016, Zélio Cândido, afirmou, em entrevista ao Jornal Opção, que não acredita na possibilidade de serem realizadas novas eleições na cidade. Para ele, a situação de crise no Brasil dificulta o processo: “Uma coisa, com toda certeza: Não vai ter nova eleição por causa dessa crise por que passa o país”, afirmou ele.

Segundo o artigo 224 do Código Eleitoral, se o candidato com maior número de votos for declarado inelegível em instância superior, serão realizadas novas eleições. É o caso de Divino Lemes (PSD), que obteve maioria, mas teve seus votos invalidados. Até que todos os recursos se esgotem na Justiça, assume o presidente de Câmara de Vereadores.

Para Zélio, no entanto, quem acabará sendo eleito será mesmo ele. “Nós fomos eleitos. Divino não podia ser candidato e quando isso acontece, os votos dele aparecem como inválidos”, pontuou. “Teria possibilidade de nova eleição se a cidade fosse maior”, opinou.

Questionado sobre a possibilidade de ter que disputar eleição, ele confirmou que colocará seu nome na disputa. “Nós temos que aguardar a decisão do Supremo Tribunal Federal [STF] em Brasília, mas se houver nova eleição, disputaremos”, disse ele. Zélio também ressaltou o apoio do ex-prefeito Vanderlan Cardoso (PSB) à sua candidatura: “É a principal liderança política do Canedo, tem 80% de aprovação, mudou a história de Senador Canedo”.

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.