Zé Eliton diz que não tem dificuldade em conversar com MDB

No entanto, vice-governador tucano enfatiza que não abriu diálogo com o partido por respeitar a pré-candidatura de Daniel Vilela 

Zé Eliton (PSDB) conversa com Iris Rezende (MDB) em evento na capital. Daniel Vilela também esteve presente

O vice-governador de Goiás, Zé Eliton (PSDB), afirmou, nesta quinta-feira (1º/3), que não tem “dificuldade alguma” de conversar com as lideranças do MDB — partido que integra a oposição no Estado.

A fala vem após a revista “Veja” publicar que o governador Marconi Perillo (PSDB) estaria mantendo articulação junto ao ex-governador Maguito Vilela (MDB) para a eleição deste ano.

Eliton, que é pré-candidato do PSDB ao governo, fez questão de enfatizar, contudo, que não abriu diálogo com o MDB por respeitar a pré-candidatura ao governo do deputado federal Daniel Vilela.

“O MDB foi a primeira legenda que filiei, quando meu pai era prefeito em Posse. Mas respeito as pré-candidaturas da oposição e seria muito deselegante e até imoral da minha parte eu entrar nas bases do MDB ou do DEM para mina-las”, argumentou.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.