Zé Antônio vê que eleitor goiano “deu recado” ao eleger jovens à Assembleia

Eleito com 25 anos, petebista avalia que deputados novatos vão atuar em equilíbrio com os mais experientes em plenário

Zé Antônio ao ser diplomado pelo governador Marconi Perillo (PSDB) | Foto: Reprodução/Facebook

Zé Antônio ao ser diplomado pelo governador Marconi Perillo (PSDB) | Foto: Reprodução/Facebook

O vice-prefeito de Itumbiara e deputado eleito Zé Antônio (PTB) avaliou que os eleitores goianos deram um recado nas eleições de outubro ao eleger jovens parlamentares para a 18ª Legislatura da Assembleia Legislativa. O que é reforçado, segundo ele, pelo fato de 21 dos 41 parlamentares terem conquistado o primeiro mandato.

“A população mostrou que busca novos perfis para representá-los na Casa. E a média de idade é muito baixa. Mas apesar disso, vejo que são deputados qualificados”, analisou ao Jornal Opção Online. O petebista de 25 anos vê que nos próximos quatro anos haverá um forte equilíbrio no plenário entre novatos e os experientes. Mais novo que ele, apenas Diego Sorgatto (PSD), de 24. Outro jovem é o Lucas Calil (PSL), com 26.

Da escola política de José Gomes da Rocha (PTB), ex-prefeito de Itumbiara, Zé Antônio foi eleito vereador aos 19 anos em 2008, com a maior votação na cidade. Neste ano, conquistou votos em 166 municípios. “Agora, rompo barreiras e represento todo o Estado. O que nos traz a responsabilidade de ter uma atuação ética, incisiva, de equilíbrio e de sabedoria”, concluiu.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.