Wilder Morais se filia ao Pros e assume comando do partido em Goiás

Ex-senador tem a missão de ampliar o quadro político da sigla e a base de prefeitos e vereadores na eleição municipal do ano que vem

Ex-senador Wilder Morais assume presidência estadual do Pros em Goiás | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

O Partido Republicano da Ordem Social (Pros) ampliou seu quadro de políticos para a próxima eleição municipal do ano que vem, em um ato de novas filiações no sábado, 17, na Assembleia Legislativa de Goiás. Além de novos filiados, as mudanças ocorrem também na presidência estadual do partido, onde o vice-governador de Goiás, Lincoln Tejota (Pros), deixa o cargo para o secretário Estadual de Indústria e Comércio e ex-Democrata, Wilder Morais.

As recém-filiações de Wilder Morais e do deputado estadual Wagner Neto (ex-Patriota) pretendem dar musculatura ao projeto do Pros de ampliar sua base de prefeitos e vereadores em 2020. A estratégia ajuda a calçar o governador Ronaldo Caiado (DEM) numa eventual disputa à reeleição em 2022.

Há expectativa de mais dois deputados estaduais se filiarem ao partido: Rafael Gouveia (Democracia Cristã) e Karlos Cabral (PDT). Sobre Gouveia, o deputado estadual Vinicius Cirqueira (Pros) garantiu que o colega assinará a ficha de filiação em breve. “Já está tudo certo, não tem nenhuma dificuldade para que ele venha para o partido”, assegurou.

Na chegada ao evento do partido, Wilder Morais afirmou que sua ida ao Pros é um marco em sua carreira política. Ele assume também o cargo de vice-presidente nacional da sigla, acumulando assim duas funções.

“Queremos crescer o Pros em todos os municípios de Goiás. Temos um comitê em Goiânia onde receberemos prefeitos, secretários e vereadores para fortalecer as conversas [para a eleição de 2020]”, ressalta.

Para disputar a Prefeitura de Goiânia, o Pros tem dois nomes: o próprio Wilder Morais, que se colocou à disposição para o pleito, e o deputado estadual Vinicius Cirqueira, nome com mais expectativa de ser aceito pelo partido por ser ex-vereador da capital e ainda comandar uma frente de oposição ao prefeito Iris Rezende (MDB).

O vice-governador de Goiás, Lincoln Tejota, afirma não participar mais de atividades ligadas ao partido e provavelmente se filiará a outra sigla em breve.

O deputado estadual Dr. Antônio (DEM) representou o presidente da Alego, Lissauer Vieira (PSB), no evento. O deputado federal Glaustin Fokus (PSC) também esteve presente.

Uma resposta para “Wilder Morais se filia ao Pros e assume comando do partido em Goiás”

  1. Avatar Dalmy Pedro disse:

    Nossa….quanto nome de “peso” hein .. Vinícius Cirqueira pra prefeito ???…..kkkkkkkkk….e o Wilder ??….coitado, naufragou na política !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.