Wilder Morais é o senador goiano com mais faltas no primeiro semestre

Democrata não compareceu a oito sessões entre fevereiro e julho. Levantamento do Congresso em Foco lista quantidade de ausências justificadas e injustificadas

Senador Wilder Morais teve o maior número de faltas registradas | Foto: Agência Senado

Senador Wilder Morais teve o maior número de faltas registradas entre os goianos| Foto: Agência Senado

O senador Wilder Morais (DEM) foi o que mais faltou nas sessões do primeiro semestre entre os três parlamentares goianos. O democrata somou oito faltas no total, sendo seis justificadas e duas não justificadas.

Ronaldo Caiado, do mesmo partido, soma seis ausências: uma falta não teve justificativa e as restantes foram explicadas no mesmo período. Lúcia Vânia (sem partido), a mais assídua dos três goianos, tem apenas duas faltas — que foram esclarecidas à mesa diretora do Senado, pois teve compromissos em Goiás.

Segundo levantamento do site Congresso em Foco, os 81 parlamentares brasileiros somaram 497 faltas nas sessões deliberativas realizadas entre 1º de fevereiro e 17 de julho, que compreende o primeiro semestre legislativo de 2015. O número considera apenas as reuniões do plenário, instância máxima da instituição.

A avaliação também constatou que dez parlamentares faltaram a mais de um quarto das sessões e somente cinco compareceram a todas elas.

Ainda de acordo com o estudo, em comparação com os dois últimos anos, caiu o número de ausências. No primeiro semestre legislativo de 2014, foram realizadas 50 sessões deliberativas  — mesmo número registrado neste ano — e as ausências contabilizadas chegaram a 660.

No ano anterior, foram 780 faltas para um total de 63 reuniões para deliberar sobre a criação de novas leis ou a alteração de normas legais já existentes.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.